Os tributos aparecem em diferentes espécies na economia. Os mais conhecidos são os impostos, tais como o imposto de renda, o ICMS ou o IPVA, por exemplo. Além dos impostos, a tributação acontece nas formas das contribuições e das taxas. As contribuições estão relacionadas ao setor onde incidem, beneficiando diretamente os seus contribuintes. 

Já as taxas incidem sobre a prestação de serviços, como quando emitimos um documento, por exemplo.Das contribuições podemos exemplificar a Contribuição Sobre o Lucro Líquido (CSLL).

No Brasil, os tributos podem ter função:

Fiscal: Quando têm como objetivo, a arrecadação de recursos financeiros para o Estado. Imposto sobre a Renda e Proventos de Qualquer Natureza, por exemplo.

Extrafiscal: Quando o objetivo é interferir no domínio econômico, buscando regular determinados setores da economia. Há, também, o chamado tributo extrafiscal proibitivo, com alíquotas elevadíssimas, com o objetivo de inibir ou frear certas atividades econômicas, que, embora lícitas, são consideradas nocivas à sociedade, como é o caso da produção e venda de cigarros. 

Parafiscal: Quando ocorre a delegação, pela pessoa política (União, Estados-Membros, Distrito Federal e Municípios), mediante lei, da capacidade tributária ativa a terceira pessoa (de direito público ou privado), de forma que esta arrecade o tributo, fiscalize sua exigência e utilize-se dos recursos auferidos para a consecução de seus fins. Por exemplo, a contribuição anual paga pelos engenheiros ao Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (CREA).

Importância de estar em dia com os tributos

Não pagar qualquer tipo de tributo pode gerar sérias consequências para as empresas, até a suspensão das atividades temporariamente. Porém, existe diferença entre o não pagamento porque esqueceu ou deixou passar a data e a sonegação de impostos. Esta acontece de forma proposital, com o objetivo de se beneficiar do não pagamento de uma obrigação legal. 

Por isso, fique atento às suas obrigações como empresa, para que você atue de forma legal. A organização e o planejamento fiscal do seu negócio são tão importantes quanto a venda do seu produto ou serviço. Fique atento, e conte com a Silveira para te ajudar na organização das suas obrigações fiscais.